quarta-feira, 20 de abril de 2011

Esta vaga não é sua nem por um minuto - como participar

Olá,

É! É sobre a campanha ESTA VAGA NÃO É SUA NEM POR UM MINUTO que eu eu vou falar hoje, da agência TheGetz de Curitiba.
Você já viu o vídeo e...pronto?
Não, há jeitos de apoiar realmente a campanha.

                       

É sobre como participar dela que eu vou escrever, pois não é apenas uma ação bacana, é uma ação de esforço para mudança do comportamento das pessoas. E isso não acontece do dia para a noite, e nem apenas dos tweets e compartilhamentos gerados.

PARA PESSOAS
O apoio à campanha é mais que um simples "CURTIR"na página do Facebook.
A campanha precisa de mais que isso para ser efetiva. Claro que cada pessoas que demostra interesse na ação é um ganho, porém a mais modos de ajudar.

A campanha tem uma página no facebook para curtir! EEEE!
Todos os dias a rede é alimentada com informações da campanha, blogs que falaram sobre a campanha, como a campanha está na mídia, flagras de pessoas que estacionam em vagas especiais, notícias sobre acessiblidade, etc. E assim o conteúdo também segue no twitter, com uma linguagem um pouco mais direta.

É só seguir a página no twitter e retwittar a mensagem que você achar interessante! Tem uns flagrantes que o pessoal manda que é bom de ver ;P
Vale a pena!

O Twibbom é um selo da campanha que você coloca na sua foto de perfil, no Facebook ou Twitter! Se você apoia a campanha, ajude a divulgar!

Quer aprofundar o que viu no facebook ou no twitter? Quer deixar comentários?
Quer ver tudo que está acontecendo de uma só vez? Quer encontrar os materiais de divulgação?
Entre no blog da campanha!

RESPEITO:
Você curtiu tudo, seguiu e retwittou. Daí precisou ir no banco e tinha aquela vaga vazia, azulzinha.. e você pensando..."é só um minutinho"...
NÃÃÃÃÃÃÃÃO! Não pode. Nem por um minuto. É aí que começamos ver que a a campanha está funcionando.
Você até teve vontade, mas hesitou!

ATITUDE:
Você viu aquele "idiota" estacionando na vaga para portadores de deficiência. 
Primeiro se certifique que a pessoa não está usando qualquer espécie de apoio, não tenha dificuldade de locomoção ou que não esteja acompanhando uma pessoa que se encaixe no perfil. 
Dá-lhe um puxão de orelha, fala mesmo, chama atenção!!! Aplica uma multa moral e diga o quanto se envergonha daquela falta de respeito e de cumprimento da lei! Claro, com educação e coerência.

Ela se encaixa no perfil e não tem credencial no carro? Avise-a que ela deve entrar em contato com a URBS (em Curitiba, em outros locais, entrar em contato com a prefeitura local) o quanto antes para retirar a credencial, antes que leve uma multa de R$ 53, e alguns centavos.

INICIATIVA:
Aqui a questão é mais delicada. É para poucos. Poucos e bons.
Ter iniciativa para falar com sua empresa, com algum contato com influência, com veículos da sua cidade para pedir apoio a campanha. Ver o absurdo que é essa situação e chamar a tenção para outros para o problema. Nessa fase, a opinião é muito importante.
Chamar a atenção dos órgãos públicos que estão assistindo e aplaudindo, mas que nem pagaram ingresso para ver o espetáculo.
Conhece alguma gráfica que pode patrocinar a produção dos materiais? Chama ela para apoiar o movimento.
É esse perfil de pessoa que está fazendo a campanha valer muito, mas muito a pena!

PARA EMPRESAS
FISCALIZAÇÃO;
E-MAIL MARKETING PARA CONTATOS;
PRODUÇÃO DO MATERIAL GRÁFICO;
CONSCIENTIZAÇÃO DOS FUNCIONÁRIOS;
APOIO PÚBLICO À CAMPANHA
E UM POUCO DE NOÇÃO, que não faz mal a ninguém! 

Dúvidas, podem enviar para estavaganaoesua@gmail.com

Só pra vocês desgustarem mais um pouquinho desse vídeo delícia de ver:

Esta vaga não é sua nem por um minuto from Bruno Siqueira (malha) on Vimeo.

Para quem gosta de números:
1.043 "CURTIR" na página do Facebook
375 selos do Twibbom aplicados
297 followers no Twitter
60.000 visualizações do vídeo da ação (desde 16/04)



See you!

4 comentários:

mirella disse...

Amanda, voce arrasou com o seu post!!!
Adorei conhece-la!!!
Mil beijos
Mirella

Ivan Bueno disse...

A postagem é ótima, o vídeo é fabuloso! Tem gente que só consegue enxergar/entender uma situação quando se invertem os papéis. Tem gente que nem assim. Mas é na base do devagar e sempre que se conscientiza as pessoas.
Prazer, Danda, e parabéns pela iniciativa.
Ivan.

PS:
Beijo pra Mi.

rangelprof disse...

Vamos todos participar dessa importante campanha!!!

Kursch disse...

Putz, muito bom!

Postar um comentário